segunda-feira, 20 de junho de 2016

Biomassa & Farinha de Banana Verde

Farinha de banana verde faz o intestino funcionar e ajuda a emagrecer

Amido resistente promove saciedade e cuida da saúde intestinal
    

A banana é um superalimento rico em vitaminas, minerais e outros nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo, como as fibras. Essa fruta também é rica em amido resistente, um tipo de carboidrato que aumenta a sensação de saciedade e reduz os níveis de colesterol e gordura. Contudo, à medida que amadurece, o amido resistente da banana é convertido em açúcar simples. Portanto, para aproveitar todos os benefícios dessa substância, é preciso ingerir a banana ainda verde.
Leia também:

O amido resistente só é digerido pelo intestino grosso e é um importante aliado contra a prisão de ventre. "As bactérias da flora intestinal fazem o trabalho e o resultado é uma série de substâncias benéficas para o organismo. Além disso, a integridade da mucosa intestinal é estimulada, prevenindo a obstipação".

Outros benefícios

O amido também ajuda no controle da diabetes, já que diminui as taxas de glicemia. "Tem a ação similar à fibra alimentar: pode reduzir o apetite, contribui para a prevenção do câncer intestinal, dificulta a absorção de gorduras, o que pode reduzir as taxas de colesterol, e previne doenças cardiológicas".
A banana não madura é um alimento funcional. A banana verde está incluída no grupo de alimentos funcionais do tipo prebióticos. Os alimentos funcionais são aqueles que não possuem somente a função de nutrir o organismo, mas também trazem benefícios à saúde".

Como consumir




Biomassa de banana verde tem os mesmos benefícios da farinha, mas pode ser feita em casa. Acrescente nos sucos e preparações. 

Existem duas formas de consumir a fruta: na forma de farinha industrializada ou de biomassa caseira, que preserva todos os nutrientes. "O amido resistente não é preservado no processo de amadurecimento da banana, por isso ela precisa estar verde. Sua farinha pode ser utilizada no preparo de diversos pratos com pães, tortas, bolos e barras de cereal, substituindo em parte a farinha de trigo".
Acrescente duas colheres por dia de farinha de banana verde em sucos, vitaminas e refeições.  "Ela é rica em carboidratos, vitaminas A, B1, B2, C, D, E, potássio, fósforo, cálcio, magnésio, cobre, manganês e zinco, tudo isso em 30 calorias".

Chá de cavalinha: emagrece e elimina toxinas

  Chá de cavalinha

O que é cavalinha?

A cavalinha é uma planta da espécie Equisetum arvense, também conhecida como equisseto e cana-de-jacaré. Recebe este nome pela semelhança do seu caule com a cauda de um cavalo. Nativa de áreas pantanosas do Brasil e da Europa, é muito utilizada como fitoterápico, sendo encontrada na forma de extrato seco, em cápsulas ou para o preparo de chás com as suas partes aéreas.

Cavalinha: benefícios

A cavalinha é fonte de diversos sais minerais, como potássio, cálcio, fósforo e compostos hidrossolúveis derivados do silício, saponinas, flavonoides e vitamina C.

Chá de cavalinha: para que serve

Devido ao seu perfil nutricional, o chá da cavalinha é recomendado para:
  • Ajudar no emagrecimento
  • Reduzir o inchaço
  • Colaborar para a eliminação de toxinas
  • Melhorar a saúde da pele
De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), a cavalinha é indicada em casos de inchaço por retenção de líquidos, já que os seus flavonoides e sais de potássio oferecem uma potente ação diurética.
Por ser fonte de vitamina C, a cavalinha pode oferecer ação antioxidante, importante para neutralizar os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce e maior risco para doenças. O silício é um mineral com propriedade remineralizante e, por isso, contribui para a manutenção de colágeno, favorecendo o aumento da elasticidade dos tecidos. A cavalinha pode ser utilizada nos tratamentos de fraturas e doenças reumáticas também pelo seu potencial anti-inflamatório.

Cavalinha emagrece?

Por ter uma ação diurética, que diminui o inchaço, a chá de cavalinha para emagrecer pode ser indicado, lembrando que o emagrecimento se dá pela perda de líquidos e não pela redução da gordura.
Além disso, a sua potente ação antioxidante ajuda no processo de eliminação de toxinas, facilitando o processo de emagrecimento. O mais indicado é aliar o consumo do chá de cavalinha com uma dieta equilibrada e saudável, além de exercícios físicos regulares.

Como fazer chá de cavalinha

A melhor forma de preparar o chá de cavalinha é fazer uma infusão: aqueça 150ml de água e acrescente 1 colher de sopa da cavalinha. Abafe, coe e sirva a seguir. O chá de cavalinha pode ser consumido de duas a quatro vezes ao dia. Se for prepará-lo para consumir ao longo do dia, prefira armazenar o chá em garrafa de vidro.
O consumo de cavalinha em cápsulas deve ser de acordo com a recomendação do fabricante ou a orientação de um médico ou nutricionista.

Chá de cavalinha: efeitos colaterais

O uso prolongado da cavalinha pode provocar dor de cabeça e anorexia. Altas doses
Podem levar à irritação gástrica e urinária, além de reduzir os níveis de vitamina B1.

Chá de cavalinha: contraindicações

O chá de cavalinha não deve ser utilizado por pessoas com insuficiência renal e cardíaca e por que tem gastrite e úlceras duodenais, já que os taninos e sais silícicos da cavalinha podem irritar a mucosa gástrica. Seu consumo também é contraindicado por quem faz uso de anticoagulantes, diuréticos e anti-hipertensivos. Grávidas não devem consumir o chá da cavalinha antes de consultar um médico.

Por Equipe Natue

Leite de Aveia

Receita de leite de aveia    

 

Leite de aveia
A aveia é considerada um alimento funcional devido ao seu alto valor nutricional e benefícios para saúde. Por ser rica em fibras, auxilia no controle da glicemia e do colesterol, ajudando a prevenir doenças cardiovasculares, além de melhorar o funcionamento intestinal. O leite de aveia pode ser utilizado como substituto do leite comum no preparo de receitas.

Veja como fazer leite de aveia caseiro

Ingredientes
1 xícara (chá) de aveia em flocos
2 xícaras (chá) de água filtrada
Modo de preparo
Deixe a aveia de molho na água por 15 minutos. Bata no liquidificador, e se desejar, coe em peneira fina ou pano de voil.
Tempo de preparo: 25 minutos

Por Equipe Natue